skipToMain
Siga-nos:

DISTRITAL: intensidade no Taipas-Ponte; Brito bateu o aflito Torcatense

Bruno José Ferreira
Futebol \ segunda-feira, fevereiro 21, 2022
© Direitos reservados
O Montinho foi palco de um dérbi eletrizante, que sorriu ao Ponte no Pró Nacional, onde o Brito não desarma e bateu o aflito Torcatense. Na Honra o Santiago Mascotelos segurou o primeiro lugar.

Pró Nacional - Série B

Em fim-de-semana de dérbis foram três os embates entre equipas de Guimarães no Pró Nacional da AF Braga. No mais intenso, o Ponte saiu das Taipas com uma vitória por três bolas a duas, cimentando assim a vantagem para o vizinho, que se cifra agora nos sete pontos. Macedo, formado no Taipas, marcou dois dos golos do Ponte, conferindo uma maior dose de emoção e rivalidade ao jogo.

Noutro dérbi, realizado em Brito, tocaram-se os extremos da tabela. O líder Brito venceu o aflito Torcatense e manteve assim a margem de oito pontos para o segundo classificado, o Joane, enquanto que o Torcatense, a nove pontos dos lugares a salvo, vê as suas contas cada vez mais complicadas. Nestas condas da manutenção, o Ronfe foi ao terreno do Pica, último classificado, vencer de forma tranquila, aumentando assim a margem para o conjunto de São Torcato.  

No outro jogo da jornada a envolver equipas de Guimarães, Sandinenses e Serzedelo empataram-se a uma bola. Embate entre duas equipas que partiram para esta época com aspirações de lutar pelos primeiros lugares, mas que lutam apenas para se manterem longe da cauda da tabela.

Taipas 2-3 Ponte
Pica 1-4 Ronfe
Sandinenses 1-1 Serzedelo
Brito 1-0 Torcatense

Divisão de Honra - Série C

Se no Pró Nacional o Brito e o Torcatense foi um jogo de opostos, esse filme repetiu-se na Divisão de Honra. O primeiro, Santiago Mascotelos, recebeu o último, Tagilde, e venceu de forma tranquila por quatro bolas a uma, mantendo-se assim na liderança. 

Também o Airão, terceiro classificado, venceu uma das equipas da cauda da tabela, o Prazins Corvite, vencendo por duas bolas a uma o dérbi vimaranense. Na luta pelos primeiros lugar, o Pevidém B também jogou com um aflito, o Campelos, vencendo o jogo disputado em Ponte por três bolas a duas.  

Nos outros dois jogos, o Polvoreira continuou a sua escalada na tabela classificativa ao vencer em casa (3-2) o Selho e o Gonça perdeu em casa por três bolas a zero frente ao Celoricense, segundo classificado.

Polvoreira 3-2 Selho
Gonça 0-3 Celoricense
Airão  2-1 Prazins Corvite
Campelos  2-3 Pevidém B
Santiago Mascotelos 4-1 Tagilde

1.ª Divisão - Série D

Na 1.ª Divisão o fim-de-semana foi intenso, com cinco dérbis. o Ases de Santa Eufémia venceu em São Cristóvão por duas bolas a uma e aproximou-se do Santo Adrião, que empatou nesta ronda. O Abação segue no terceiro posto, também venceu fora de portas, no terreno do Aldão Cano pelo mesmo resultado (1-2). A outra equipa de Guimarães que venceu fora de portas foi o Longos, a subir na tabela, que venceu em Gémeos por duas bolas a zero.

Nos restantes dois jogos o Souto e Gondomar bateu o Ronfe B em casa por três bolas a uma e o Santo Estêvão regressou aos triunfos depois de duas derrotas ao bater em casa de forma contundente o Tabuadelo por três bolas a zero.

São Cristóvão 1-2 Ases Santa Eufémia
Souto e Gondomar 3-1 Ronfe B
Gémeos 0-2 Longos
Santo Estêvão 3-0 Tabuadelo
Aldão Cano 1-2 Abação