skipToMain
Siga-nos:

Presidente quer reunião com o Conselho de Arbitragem: “Não houve critério”

Bruno José Ferreira
Futebol \ domingo, setembro 12, 2021
© Direitos reservados
Miguel Pinto Lisboa compareceu na sala de imprensa após o jogo, pedindo que o Vitória seja respeitado.

O presidente do Vitória SC, Miguel Pinto Lisboa, solicitou uma reunião com o Conselho de Arbitragem. O anúncio foi feito após o jogo com o Belenenses, que o Vitória empatou sem golos, na sala de imprensa do D. Afonso Henriques.

“Vamos pedir ao Conselho de Arbitragem que nos receba, porque queremos perceber os critérios. Queremos que o Vitória seja respeitado, e vamos fazer com que o Vitória seja respeitado. Estamos aqui para vencer”, disse Pinto Lisboa, já depois de referir que Hélder Malheiro não teve critério no embate referente à 5.ª jornada da Liga.

“Quero agradecer e dar os parabéns aos adeptos, que foram o nosso décimo, 11.º e 12 jogadores. O futebol precisa de adeptos, temos de valorizar a sua presença e não a colocar em causa. O futebol precisa que as equipas e os jogadores sejam o centro do jogo. O foco da nossa equipa foi vencer o jogo e lutar contra todas as vicissitudes, os árbitros não podem querer ser o centro do jogo com critérios que não são equivalentes nem justos para as duas equipas. Quando assim é o espetáculo perde valor. Hoje tivemos um árbitro que não teve igual critério”, apontou.

Numa declaração sem direito a perguntas, Pinto Lisboa criticou a postura do árbitro, nomeadamente naquilo eu considera ser a falta de critério na amostragem de cartões amarelos.

“Como queremos falar de centralização de direitos televisivos e vender o nosso espetáculo quando somos confrontados com arbitragens destas. Não houve critério durante o jogo na amostragem de cartões amarelos durante o jogo entre os jogadores do Vitória e os jogadores do Belenenses SAD. Houve um jogador do Belenenses SAD que viu o primeiro cartão amarelo nos descontos, quando já devia estar a ver o terceiro”, disse Pinto Lisboa.

O Vitória terminou o encontro apenas com nove elementos, tendo visto dois dos seus jogadores expulsos.